Website desenvolvido com Selo de Qualidade da Agência Católica
Data : 02/10/2014

Dados sujeitos a alteração sem aviso prévio.

O conteúdo deste material on-line não expressa, necessariamente, a nossa opinião.

Reportar erro

49º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Família será tema do 49º Dia Mundial das Comunicações Sociais.

Nesta semana, o Vaticano divulgou o tema para o 49º Dia Mundial das Comunicações Sociais que será ‘Comunicar a família: ambiente privilegiado do encontro na gratuidade do amor’. A temática fará paralelo à 14ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, que ocorrerá em 2015.

Todos os anos, em 24 de janeiro, na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, a Igreja publica a mensagem escrita pelo papa, com as orientações referentes ao Dia Mundial das Comunicações. São cartas que sempre tratam de assuntos que estejam em evidência na sociedade. Em sintonia com a Igreja, desde seu surgimento, o Ministério de Comunicação Social da RCCBRASIL se norteia por essas mensagens, aplicando os temas discutidos nas diversas realidades espalhadas pelo país.

Para Airton Rocha, coordenador nacional do Ministério de Comunicação Social, estar orientado pela Igreja de forma direta é um privilégio. “Alguns setores da sociedade têm esse privilégio e a comunicação é um deles. O Ministério de Comunicação segue e mescla com os direcionamentos da RCCBRASIL, tudo que o Santo Papa nos orienta. Os últimos temas têm sido riquíssimos e esse é incrivelmente rico, desafiador e motivador. Vamos estar junto da família, a defendendo”, destaca.

O coordenador também comenta que o Papa Francisco já vinha dando indicativos dos caminhos a viver ao longo dos próximos meses. Inclusive, no comunicado divulgado pelo Vaticano sobre o tema escolhido, é destacado que “a Igreja hoje deve novamente aprender a dizer o quanto a família é um grande dom, bom e belo. É chamada a encontrar o modo para expressar que a gratuidade do amor, que se oferece aos esposos, aproxima todos os homens a Deus e esta é uma tarefa magnífica. Porque direciona o olhar para a verdadeira realidade do homem e abre as portas para o futuro, a vida”, dizem as palavras do pontífice.

A reflexão retoma os ensinamentos de São João Paulo II na ‘Familiaris consortio’, que trata da família e as mudanças culturais. Em um trecho da encíclica, o santo escreveu que “as relações entre os membros da comunidade familiar são inspiradas e guiadas pela lei da ‘gratuidade’ que, respeitando e favorecendo em todos e em cada um a dignidade pessoal como único título de valor, se torna acolhimento cordial, encontro e diálogo, disponibilidade desinteressada, serviço generoso, solidariedade profunda”.

Airton reforça que desde o Concílio Vaticano II, os papas veem encaminhado os fiéis ao serviço de proteger a família. “Nos últimos anos, a comunicação tornou-se Ministério indispensável na disseminação da Cultura de Pentecostes. Desta forma, o Ministério de Comunicação Social não poupará forças para promover a cultura do encontro, semear a vida no Espírito e proteger o conceito de família”, garante.

A celebração das comunicações é o único Dia Mundial estabelecido pelo Concílio Vaticano II, por meio do Decreto Inter Mirifica – 1963. Dioceses de todo o mundo organizam atividades para comemorar este dia, com missas, encontros de formação, coletivas de imprensa, debates, entre outros. O evento será celebrado no dia 17 de maio, domingo que antecede Pentecostes.